Denúncias – Franca tem seringas com conteúdo preparado antes de vacinação contra a Covid, e enfermeiras que não injetam liquido

Publicado em: 23/04/2021 | 6h

Eduarda Sampaio, Do Informe Franca

A cidade de Franca está enfrentando problemas com relação a vacinação contra a Covid-19.
Denúncias que chegaram a portais de notícias da cidade, incluindo o G7 Informe Franca, acabam dando conta de erros e procedimentos inadequados na hora de vacinar.

Num dos casos as seringas com o conteúdo da vacina são preparadas e deixadas prontas para aplicação, o que não é recomendado pelas fabricantes e nem pelo governo.
Seja pela transparência ou para garantir a eficácia da vacina, o importante é que a imunização ocorra com o preparo do conteúdo sendo feito na frente da pessoa que será
vacinada.
No caso de idosos, pessoas da família mais jovens que possam filmar ou fotografar o momento, são presença garantida.

É exatamente por essas presenças que o segundo caso foi constatado.
Por duas vezes diferentes enfermeiras foram flagradas na cidade sem injetar o líquido da seringa no braço do vacinado.
A enfermeira espeta, mas não empurra o êmbolo da seringa, o que impede o contato da vacina com a pessoa.
Assim a pessoa que pensa estar imunizada, na realidade não está.

O Brasil já registrou casos em diversos estados, que profissionais da saúde estavam contrabandeando as vacinas não aplicadas.
Por enquanto esse não foi o caso de Franca.

A Prefeitura Municipal foi avisada sobre a situação, e prometeu investigar.
A Secretaria da Saúde reforçou, que ninguém é orientado a deixar vacinas já preparadas na seringa.