Governo corta verba que seria aplicada para desenvolver vacina brasileira contra a Covid-19

Publicado em: 24/04/2021 | 8h12

Lívia Tomazelli, Do G7 On

O governo federal anunciou nesta sexta-feira, 23, diversos cortes no Orçamento 2021, para adequá-lo a suas novas realidades.
Nesse processo R$ 200 Milhões foram cortados do Ministério de Ciência e Tecnologia.

O corte foi justamente para a área, onde o Ministério destinaria recursos para o desenvolvimento de uma vacina brasileira contra a Covid-19.
A imunizante, está sendo desenvolvida na USP de Ribeirão Preto, com aportes federais.
O Ministério esperava os recursos, para liberar os testes em seres humanos, que avaliam segurança e eficácia da imunização.
Com os recursos a previsão é que no ano que vem, a vacina chegasse aos brasileiros e já com tecnologia desenvolvida para barrar as variantes brasileiras do Coronavírus.
Contudo, com esse corte a situação da vacina fica mais frágil.

Se a USP não conseguir receber os recursos, os ensaios clínicos devem parar e a vacina não vai sair do papel.
O governo federal, que já investiu cerca de R$ 20 Milhões nos desenvolvimentos iniciais da imunizante, iria perder o que já foi investido.
Na quinta-feira, o Ministro da Ciência e Tecnologia já tinha demonstrado preocupação com o Orçamento.
Em sua Live semanal, o Presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer, que todos os Ministérios sofreriam cortes.