Governo deixa vacinas esquecidas em centro de distribuição, enquanto brasileiros morrem a espera de imunizantes

Publicado em: 30/04/2021 | 6h

Lívia Tomazelli, Do G7 On

O governo federal brasileiro deu mais uma mostra muito clara de seu descontrole e da falta de rumo e comprometimento com o combate a pandemia de Covid-19.
Enquanto existem pessoas lutando por suas vidas as vacinas seguem sendo enviadas a passos lentos e muitas das vezes não evitando que gente se contamine e até morra.
O governo de São Paulo descobriu num prédio em Guarulhos, SP, que 100 mil doses da Coronavac ficaram paradas por semanas armazenadas.
O caso se tornou público após o governador do estado João Doria, revelar a origem das imunizantes.

100 mil doses da Coronavac, seriam capazes de vacinar 50 mil pessoas.
Se levarmos em consideração que cada um precisa de duas doses para ficar imune.
E também é importante salientar que esses números, ocorrem em situações onde cidades paralisaram vacinações, por falta das imunizantes.
Vergonhoso para dizer o mínimo, a atitude do Ministério da Saúde.

A Pasta, negou que tivesse esquecido as imunizantes no centro de distribuição.
Em nota, o Ministério disse que as vacinas estavam esperando que chegassem mais lotes, para que fossem encaminhadas a outros estados de uma vez.
Num momento em que tempo parece primordial, essa não foi talvez a melhor resposta da União.